À procura do cometa (pt1)

1

O primeiro entardecer que permitiria ver o Panstarrs não foi nada frutuoso. Apesar de já ser visível há uns dias no hemisfério Norte, a chuva tem afastado qualquer possibilidade. Hoje passei uma hora e pouco a gelar, de binóculos a espreitar e câmara no tripé, maksutov de 90mm no saco (nunca se sabe…) para pobres resultados. Já se viam bem as Sete Irmãs, depois do entardecer, quando desisti. Se não o tinha visto até aquele momento, não seria agora que apareceria. Aposto que estava mesmo atrás da linha de nuvens que marcava o horizonte…

Anúncios