Sobre a Astronomia, o seu método e o objecto de estudo

Eratosthenes

O Universo é o conjunto de todo o tempo, espaço, matéria e energia, e a Astronomia é a ciência que o estuda. É a mais antiga das Ciências (derivou da Astrologia), o ramo de conhecimento onde primeiramente encontramos uma abordagem científica. É uma Ciência multidisciplinar por excelência, partilhando conhecimentos provenientes de outras como a biologia, a geologia, a história, a matemática e, acima de tudo, da física. Assim, divide-se também em diversos campos de especialização: Astroarqueologia, Astrogeologia, Astrobiologia, Astronomia do Sistema Solar e Planetária, Astronomia estelar, Cosmologia, etc..

A evolução do raciocínio crítico
Aristóteles já tinha colocado essa questão 00 anos antes, mas Erastótenes foi o primeiro a deduzir consequências científicas da hipótese de a Terra ser redonda. A sua observação baseou-se no facto de, em pontos diferentes (Seyene e Alexandria, 780Kms a Norte), ao meio-dia, as sombras apresentavam inclinações diferentes, facto explicável através da hipótese de a superfície da Terra ser redonda. Através da medição dessas sombras, conseguiu calcular que a distância angular dos dois pontos (a diferença entre a inclinação das sombras nos dois locais) era de 7,2 graus. Sabendo que 7,2graus correspondiam então a 780Kms, deduziu que os 360 graus do círculo total teriam 40.000Kms (40.070 na realidade) e que o raio (40.000/2pi) seria de 6.366Kms (6.378 na realidade). Os resultados de Erastótenes são, ainda hoje, um exemplo claro do sucesso e da clareza do método científico.

A Ciência
A evolução do pensamento levou à substituição do mítico pelo conhecimento fundamentado na experiência e na observação. Assim a ciência evoluiu para formular Teorias: um conjunto de ideias que expliquem os fenómenos observados, e a partir das quais é possível extrair previsões. Assim, a Teoria Científica presta-se por inerência a ser continuamente testada: sempre que se realizarem previsões baseadas nesta e sempre que se comparem os seus resultados com os fenómenos observados. Da mesma forma, através da experimentação e da observação, a teoria deve ser corrigida, aperfeiçoada ou abandonada. É esta combinação de passos a que chamamos Método Científico:

Observação
Raciocínio teórico
Previsão
Experimentação
Observação
e assim sucessivamente…

Nunca se pode afirmar que uma teoria é “correta”, já que haverá sempre uma situação em que a teoria não se aplica. Contudo, deverão ser sempre testáveis e continuamente testadas. Na sua evolução como postulado teórico, devem também procurar ser simples e elegantes, refinadas ao essencial.

O que a Astronomia nos ensina acerca da Terra e do Universo
Através da observação, a astronomia permitiu-nos compreender que não vivemos num sítio especial, não somos o centro, nem nos parece que a zona em que habitamos seja diferente do resto do Universo. A estrela que orbitamos não é diferente de muitas outras e, cada vez mais detetamos sistemas solares com características próximas das nossas, nos quais conseguimos identificar planetas rochosos como o nosso. A galáxia em que vivemos é só uma entre as milhões de outras que já conseguimos detetar. A matéria que nos compõe, assim como tudo o que nos rodeia, foi originalmente criada no interior de estrelas que, ao tornarem-se super-novas, explodiram e lançaram nuvens dos seus componentes. São esses componentes que flutuam por todo o universo, agregando-se para formarem novos planetas e muitos outros diferentes objetos. Assim, a proveniência exata da matéria que nos compõe não pode ser identificada, mas podemos inferir com toda a certeza que veio de muito longe daqui…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s